Uma história de Friendzone nunca contada antes

setembro 17, 2018



Conforme os dias se passavam, eu estava cada vez mais calmo, talvez só um sentimento de ansiedade brotava em mim de vez em quando, nada muito estressante. Ainda não havia caído a ficha de que eu estava terminando o colégio.
   
Qualquer aluno de 17 anos estaria surtando, pois estar no final 3°ano do ensino médio é um grande passo para a vida adulta, ou seja, sair de casa e viver. E eu, Quentin Wincon, o garoto mais ansioso que já existiu, estava tranquilo.
   
De qualquer forma, com pessoas surtando ou não, minha consciência estava limpa, eu tinha ótimas notas, alguns amigos, meu sonho de cursar astronomia e trabalhar na NASA e ainda era melhor amigo da pessoa mais incrivelmente linda que já existiu na face da Terra: Nina.
   
Eu e Nina nos conhecíamos há muito tempo, já que ela se mudou há uns 10 anos para a cidade e o destino nos fez colegas de classe.
   
Ela era realmente muito bonita, tem um cabelo loiro dourado e os olhos mais escuros que eu já tinha visto na vida, olhar para eles era como ver uma imensidão escura sobre tudo.        
Mas não bastava ela ser bonita, ela ainda era muito inteligente e conversávamos sobre astronomia. Eu realmente sou muito apaixonado por ela desde o momento que há vi.               
Nós dois estávamos na sacada observando as estrelas e esperando uma chuva de meteoros rara. Não dava pra ver a lua no céu, claro! Lua nova, mas tudo bem, iria ficar melhor pra ver as estrelas. A leve brisa que trazia o cheiro dos jasmins que brotavam na cerca da sacada. O clima estava agradável, a perfeita noite de final de primavera.

Sentados num colchonete com o desenho de um E.T. e rodeados de balas, pipoca e chocolates, conversávamos sobre estrelas:

-Quando eu era menor, acreditava que estrelas realizavam desejos... –ela contou enquanto devorava uma barra de chocolate.

-Você me acharia retardado se... –Eu falo revirando os olhos lentamente.

-Se...

-Se eu ainda acreditasse que estrelas realizam pedidos? - Falo rapidamente para tentar diminuir a vergonha.

-Quentin, você é meu amigo... Eu já te acho retardado, mas acho legal que acredite nisso. 

–Ela disse dando um leve soco no meu braço.

“Amigo”, essas palavras martelavam na minha cabeça, afinal, eu estava perdidamente apaixonado por ela. Cada vez que ela falava, eu me perdia no seu olhar e naquela voz. Como alguém poderia ser tão linda por dentro e por fora? Eu não queria viver um clichê romântico do amigo que se apaixona pela melhor amiga, mas era inevitável.

-Quentin! –Nina disse alto estalando seus dedos, que eram longos e finos, perfeitos para tocar teclado ou algum outro tipo de instrumento musical. 

-Hã? Oi? Que foi! –Falei um pouco assustado, com medo de ter falado um dos meus pensamentos em voz alta.

-Tá tudo bem? Tô te chamando há um tempão. –Disse com sua doce voz.

-Não é nada... Só estava pensando...

-Realmente, são coisas difíceis...

-Hã? C-como é que é? – “Merda, merda, merda! Ela leu meus pensamentos, sempre soube que ela tinha algum dom especial” Esse, naquele momento, era o único pensamento que rolava na minha cabeça.

-É... –Ela faz uma pausa longa e fica olhando para as estrelas, o que na hora realmente me deixou bem assustado. -Faculdade, morar em outro lugar, trabalho, família, crescer, amadurecer...

-Eu bem que queria amadurecer, mas estão sempre fazendo novos filmes sobre os antigos desenhos de super-heróis que eu assistia todas as manhãs quando era menor.
Ela olhou pra mim, começou a rir e depois voltou a olhar para o céu:

-As estrelas são tão lindas, não é mesmo?

-Não mais do que você! –Sim, eu falei isso sem pensar, na hora pensei em me jogar da sacada, mas era alto demais.
Ela deu uma risadinha, mas eu notei que ela estava com uma cara de confusa:

-Obrigada... Mas o quer dizer com isso?

-Nina... Eu gosto de você! –Disse sem pensar, mas era melhor eu me arrepender por algo que fiz do que por algo que não fiz.

-Eu também gosto de você. –Ela deu uma risadinha.

-Sério? –Falei com um sorriso idiota e com um sentimento de esperança brotando dentro de mim.

-Sim, você é meu melhor amigo, claro que gosto de você!

-Ah... Tá... –Disse desanimado.

-Ué? Tá chateado comigo? –Ela disse enquanto tirava algumas migalhas de pipoca de sua saia. –Que desanimo foi esse?

-Você percebeu... Ok, lá vai... –Respirei fundo e continuei. –Nina, eu gosto de você, não só como amiga, eu te amo!

Notei que ela deu um pulo de susto, olhou rapidamente para mim e disse:

-Quentin? Não tem como... Somos amigos.

-Eu sei, mas podemos ficar juntos mesmo assim... Pesquisas mostram que namoros entre melhores amigos são mais duradouros.

-Quentin, a vida não é baseada em pesquisas, mas no que sentimos e eu não sinto o mesmo por você! –Ela diz praticamente gritando e foi embora, me deixando ali sozinho de coração partido.

Eu não sabia o que fazer, para que direção olhar, onde colocar minhas mãos. Eu deveria pedir desculpas? Não, não... Eu não era culpado por amar, ela não era culpada por não me amar.

Eu queria voltar atrás, mas não seria possível, seria muito fácil fazer isso, a vida não funciona dessa forma. Estamos destinados a errar e aprender com as nossas dores.

E a dor... É só mais uma consequência de tudo que nos faz bem porque quando ficamos afastados da pessoa, lugar, momento... A saudade permanece e ela não é nem um pouco bela como já diziam os poetas ela dói e pode te corroer por dentro e criar uma ferida horrível. Ah, também tem a distância que não é tão pequena como registram os cartógrafos.

E o amor quando não é recíproco, é como um band-aid nessa ferida. Se arrancar vai doer, mas vai se libertar e se ficar não vai doer tanto, mas você sabe que vai infeccionar? É um buraco na alma, você não sabe o que fazer e mesmo se fizer não vai adiantar. Não pode obrigar ninguém a te amar, só provar que é digno de ser amado.

Não era culpa de ninguém e eu devia seguir com a minha vida.

Pode ser maduro pensar assim, ou talvez apenas um pouco do óbvio, mas o que quer que seja. Não diminuiria o buraco que ficou no meu coração.

You Might Also Like

36 comentários

  1. Que pena que essa história não deu certo. :/
    Beijinho

    www.trendsandfashionblog.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem todos os finais são felizes :/ Mas posso dizer que esse não foi o fim da história...
      Beijossss

      Excluir
  2. ah adorei esse texto! quem nunca passou por uma situação assim de friendzone que atire a primeira pedra

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por gostar <3
      É bem complicado mesmo, né?
      Beijo Beijo

      Excluir
  3. Respostas
    1. Muito obrigada por gostar <3
      Quem nunca... asuahshs
      Beijão

      Excluir
  4. Muito obrigado, querida :)

    Ohn :( É tão triste quando as coisas não correm como queremos!

    NEW BRANDING POST | WE NEED TO DEMYSTIFY ABOUT THIS.
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiim, mas é a vida né? Aprendemos muito com isso
      Beijossss

      Excluir
  5. Que texto mais bacana! Todo mundo vai passar por isso ao menos uma vez na vida. O importante é conseguir seguir em frente, por mais que doa!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por ter gostado
      Verdade, mas aprendemos muito com a experiência, né?
      Seguir em frente é essencial e lembrar que tudo passa
      Beijão

      Excluir
  6. Acho que todas nós já passamos por uma situação parecida rs
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiiim
      Infelizmente, mas o importante é que aprendemos
      Beijão

      Excluir
  7. Já passei por uma situação parecida e acho que é quase inevitável conviver com uma pessoa bacana e não gostar dela. E tudo bem se o sentimento não é recíproco, pelo menos aprendemos algo com isso e criamos memórias com aquele alguém, mesmo que não seja como queríamos.

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente... Adorei sua perspectiva sobre aprendermos algo e a criação de memórias, isso sempre fica com a gente com muito aprendizado
      Beijooooo

      Excluir
  8. Que triste! Eu queria tanto um final feliz.
    Mas tenho que concordar que é bem melhor falar o que sentimos do que não fazer nada e ficar na dúvida.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem todos os finais são como esperamos, mas te digo que não é o final...
      Siiim, nunca devemos deixar para amanhã, falar é sempre um descargo na consciência
      Beijos

      Excluir
  9. Poxa! Partiu o meu coração esse final.. mas, quem nunca né?! Infelizmente é assim! Mas costumo dizer que é para coisa melhor vir depois <3

    www.pimentacommenta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo mundo já passou por isso né? Mas te digo que não é ofim da história
      Exatamente, tudo sempre acontece por algum motivo
      Beijossss

      Excluir
  10. Oh! :( Realmente a friendzone é uma cena lixada! Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  11. Eu achooo que vc poderia facilmente escrever contos ou até um livro, por que sua escrita é leve e bem gostosa de ler.
    Sobre estar na friendzone, é isso aí, vida que segue, não dá pra mudar os sentimentos da outra pessoa. E vai continuar doendo na gente, mas, isso passa e não dá pra estagnar na vida por causa disso, não é mesmo?!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh obrigada por ter gostado <3 <3 Fico muito feliz, quem sabe no futuro...
      A vida é assim mesmo né? Mas tudo passa e devemos continuar sempre, porque tudo acontece com um motivo
      Beijão

      Excluir
  12. Poxa! Eu estava esperando um final feliz.
    Linda as falas dos personagens, achei o menino muito fofinho.
    bjo

    Karina Pinheiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem... A vida é assim com altos e baixos
      Mas esse não é o final...
      Obrigada por ter gostado, o Quentin é um fofo mesmo <3
      Beijo

      Excluir
  13. Ai que ando emotiva (TPM), rs Não consegui da conta do final
    Novo post no blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai meu anjinho, sinto muito pela situação... Mas te juro que esse não é o final...
      Beijosss

      Excluir
  14. Me lembrou os tempos de friend zone.. Foi díficil..
    Ótimo texto, você escreve muito bem viu ♥

    It's Lizzie | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil mesmo, né? Essas coisas da vida...
      Obrigada por ter gostado <3
      Beijão

      Excluir
  15. Gostei bastante do texto,é uma pena não ter um final feliz :( E quem não passa por situações que desagrada né :D bjs

    Conheça meu blog :) | Meu perfil no instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh obrigada por ter gostado e te digo que esse não é o final...
      São situações difíceis mesmo, né?
      Beijossss

      Excluir
  16. Oi, Gostei muito do texto, ótimo.
    Quem nunca né?
    Beijos

    www.glamour2.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh muito obrigada <3
      Quem nunca né?
      Beijoooooo

      Excluir
  17. Dicas maravilhosas amei, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Perfis do Instagram pra se inspirar nesse Halloween

Quer mandar algo?